InícioRegistrar-seMembrosConectar-se

Compartilhe | 
 

 Chloé Kaczmarek Griffond

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Chloé K. Griffond
Sonserina 6º Ano
avatar

Mensagens : 4
Data de inscrição : 27/09/2009

MensagemAssunto: Chloé Kaczmarek Griffond   Sab 3 Out - 21:40

1 - Dados do Jogador


Nome/Apelido: Luíza
Idade: 14
Cidade: Rio de Janeiro
MSN/E-mail: jogando.pedrinha.no.lago@hotmail.com

2 - Dados do Personagem


Nome do Personagem: Chloé Kaczmarek Griffond
Data de Nascimento: 26/01/2016
Idade: 16
País de Origem: França.
Onde mora atualmente: Inglaterra.
Raça: Mestiço.
Veterano ou Novato: Novato.
Em que ano o personagem está: 6º
Animal de estimação? Gato (Julien).
Habilidades: -
Objetos Mágicos: -
Varinha: Pêlo de unicórnio, 23cm, mogno.
Patrono: Borboleta.
Avatar: Frieda Rose

3 - Seleção da Casa

Sonserina

4 – História do Personagem


Era uma tarde um tanto mais fria do que as anteriores em Paris, a cidade luz. Mesmo com os graus negativos que faziam na rua não impediram que os Griffond saíssem de casa. Era o aniversário de cinco anos de sua primogênita e tinham, a qualquer custo, que comemorá-lo. Deixaram, então, a menina escolher aonde queria ir e esta escolheu o seu restaurante favorito, aquele que tinha um parque para crianças até dez anos brincarem. Minutos antes de sair, ela cismou que estava horrorosa, sua roupa estava deselegante e que precisava arrumar-se melhor. Bateu pé, ficou emburrada e fez drama até que os pais cederam e deixaram-na arrumar-se da forma que bem gostaria.

- Não demore, Chloé! – gritou seu pai ao pé da escada e Chloé revirou os olhos. Claro que não iria demorar, claro que não.

Adentrou no quarto cor-de-rosa claro e sem hesitar despiu-se, foi até o armário e começou a olhar as diversas roupas que tinha em sua maioria rosa, lilás e branco. “Não, não... Essa! Não, essa não, ela é velha, já usei duas vezes!” Resmungava jogando-as no chão. Até que finalmente escolheu uma, a que a seu ver era a mais bonita.
Vestiu-a e parou defronte ao espelho, admirando o seu reflexo. Ela ficava realmente bonita vestida de Cinderela.

- Princesa Chloé – disse para si mesma sorrindo triunfante e, deixando a mostra, a falta de seus dois dentes da frente.

Sem mais delongas ela saiu do quarto e desceu as escadas, caminhando devagar e com a mão sobre o corrimão, apenas para ficar semelhante à de uma princesa. Tropeçou duas ou três vezes no próprio pé, mas fingiu nem perceber.

- Mas que porra é es... – o homem fora interrompido pelo grito quase que histérico de sua mulher:
- Que coisa mais fofa! Minha princesinha! – pegou a menina no colo, abraçando-a.

O táxi esperava a família na frente da casa. A garota mal sabia que era este era o meio de transporte que pegaria e os pais mal sabiam das expectativas da garota - não pelo menos até seu grito de horror ecoar pelas ruas parisienses. Tinha em mente uma carruagem, não, não daquelas mal feitas dos livros que vira - queria uma branca, com rosas e levada por, no mínimo, dois unicórnios. E não se satisfaria com nada menos que isso. Gritou, chorou, pediu, mandou e conseguiu. O táxi fora mandado embora sob resmungos de seu motorista e uma carruagem - sabe-se lá como - surgira alguns minutos depois, um pouco mais enfeitada do que a garota desejara, mas sem os unicórnios.

Na festa, só contentou-se depois de manchar "sem querer" o vestido de uma de suas primas, que tinha uma roupa que não era ofuscada pela de Chloé. E assim seguiu-se a festa, a garota checando de quem eram os maiores presentes, de quem eram os menores e tratando cada qual de acordo com seu presente. A hora de abrí-los foi o ápice da festa: a garota encantou-se com todos, porém, mais tarde, metade foi para o lixo, quando menos, embrulhados em outros pacotes e dados de presentes a outras aniversariantes. Não era uma garota má, só gostava do que era realmente bom.

Crescera assim, mimada por todos. Não que Chloé fosse daquelas meninas insuportáveis que querem tudo o tempo todo, elas apenas tinha um sorriso encantador que as pessoas simplesmente não conseguiam falar um “não”.


SEXTO ANO

DCAT
- - - - -
Feitiços
- - - - -
Poções
- - - - -
Transfiguração
- - - - -
Adivinhação
- - - - -
Astronomia
- - - - -
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Chloé Kaczmarek Griffond
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Ascendio RPG - Primeira Temporada :: Cadastro :: Banco de Fichas-
Ir para: